segunda-feira, 23 de junho de 2014

A 1ª Prova Internacional - Waterloo 10 km Classic

Num dia espectacular de sol e logo pela manhãzinha fui fazer a minha primeira prova internacional: Waterloo 10 km Classic. Após de ter passado cerca de 1 semana recuperar do jet-lag (diferença de 5 horas ainda faz mossa) e estar a aprender a estar num país onde o conceito de persianas é desconhecido (o que faz acordar todos os dias antes das 6 da manhã) fui fazer esta prova que é uma das mais conhecidas da região de Ontario.

Depois de uma semana durinha em termos de treinos e onde tive algumas dores musculares que me assustarem fui um pouco receoso para a prova e sem saber o que esperar dela. Logo na partida decidi não forçar completamente ao máximo e deixar-me ir a um ritmo alto e ver o como se desenrolava a prova.
O percurso da prova, sempre em estrada, tinha algumas subidas que, apesar de não serem muito íngremes, eram algo extensas. Outro factor a ter em conta foi a existência de algum vento contra em cerca de 2/3 da prova o que também não ajuda especialmente quando se vai sozinho.

Relativamente à prova propriamente dita é de realçar a quantidade imensa de voluntários dispostos a ajudar. A existência de 3 postos de abastecimento ao longo do percurso é também muito importante e apesar de ter falhado todos esses postos por aselhice minha (deram sempre copos de cartão e agarrei sempre com muita força deitando a água toda fora).

Foi importante não ter tido dores ao longo da prova e de me ter sentido bem na mesma. Fui ultrapassando outros atletas ao longo da prova e no final acabei em 15º da geral e 4º do escalão.
Numa prova de aproximadamente 10 km (na verdade 10.11 km) acabei com um tempo de 37:02, um novo recorde na distância apesar de não ter claramente ido a forçar ao máximo. A passagem aos 5 km foi feita ao 18:06.
No final da prova de salientar as imensas actividades para desfrutar (bancas com fruta fresca, cachorros, hamburguers), stands de vestuário com peças em promoção e massagistas (ou melhor quiropatas)  à disposição dos atletas.
Antes da entrega dos prémios houve ainda sorteio de imensos prémios (material desportivos, camisolas e lembranças). Um desses prémios era uma bicicleta toda catita e sorte das sortes vi o meu número ser sorteado :)

Em resumo, uma manhã com bom tempo muito bem passada com uma prova a servir de bom treino para o que aí vem.
Até ao próximo post e até lá boas corridas e bons treinos J


4 comentários:

  1. Parabéns pela prova e pela internacionalização!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pela internacionalização e pela bicicleta! :)

    Continuação de boas corridas!

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado João.

      Grande abraço e boas corridas :)

      Eliminar