sábado, 16 de agosto de 2014

ENDURrun 2014 - Etapa 6 - Contra-relógio 10 km

Penúltima etapa da ENDURrun. Seria nova prova em contra-relógio mas apenas com uma extensão de 10 km num percurso plano, de longas rectas e agradável (à excepção do vento) de se fazer.

A partida era novamente dada na ordem inversa à classificação geral pelo que fui o 5º a contar do fim a arrancar o que aconteceu por volta das 9 da manhã. O tempo estava fresquinho com algum vento a fazer-se sentir durante toda a prova.

O meu objectivo para esta etapa era manter sempre a distância para o 6º classificado da geral (Rick) e não ser ultrapassado pelo Stefan que partia um minuto depois de mim. A minha ideia era correr num ritmo confortável a rondar os 4:10 / km pois achei que ninguém se ia pôr com grandes aventuras hoje, tendo em conta que amanhã nos espera a maratona.

Após a partida fui sempre controlando a distância para o Rick e após cerca de 4 km comecei a ouvir passos a aproximarem-se e pensei que fosse algum atleta da estafeta. Surpresa minha era o Stefan que vinha a cavalgar por aí fora e apanhou-me um pouco antes dos 5 km. Tendo em conta que até ali tinha ido num ritmo descansado combinámos trabalhar em conjunto de modo a podermos chegar ao Rick e ganhar algum tempo nesta etapa. Assim foi e acabámos por fazer os restantes 5 km num ritmo mais alto e com cada a ir puxando alternadamente. A cerca de 1 km do fim chegámos junto ao Rick e eu dei mais um esticão de modo a cumprir o meu objectivo de não ser apanhado por nenhum atleta que partisse depois de mim (o que consegui por escassos segundos).

Fiz os primeiros 5 km num parcial de 20:03 e os segundos num tempo de 18:52 , o que dá um split negativo de 1:11 minutos, indicativo da mudança de ritmo que impus após o Stefan ter chegado ao pé de mim.
Acabei em 5º lugar na etapa o que me permite ir para a prova de amanhã na 5ª posição da geral. Os 10.1 km de prova foram feitos em 39:14 o que dá um ritmo de 3:53 / km. Mais detalhes sobre a prova podem ser encontrados aqui (http://connect.garmin.com/modern/activity/566391035) ou aqui (http://www.strava.com/activities/181059303).

De notar que entre o top-5 da etapa (e da classificação geral) houve apenas uma diferença de 1:14, indicativo o nível competitivo que se observado nesta prova, algo que não é muito comum com tanto atletas tão próximos uns dos outros com apenas uma etapa para o fim da ENDURun.

Após a corrida seguiu-se o ritual do costume: alongamentos, massagem e comida.

Para amanhã teremos o final da ENDURrun com a prova da maratona, onde eu parto com a desvantagem de nunca de ter feito nenhuma e os restantes 6 atletas do top-7 já têm muita experiência acumulada neste tipo de prova. A minha estratégia para amanhã já está na minha cabeça e independentemente do que acontecer ficarei bastante orgulhoso de toda esta semana de competição.

Agora basta-me descansar e preparar a prova de amanhã J

Hoje é dia de ir buscar ao aeroporto a minha apoiante número 1 que será uma força extra para a etapa de amanhã.

Obrigado novamente a todos pelas palavras de incentivo que ajudam imenso!

João

10 comentários:

  1. A grande aventura e a sua extraordinária prestação esta quase a terminar!
    Se uma maratona já é algo de respeito então estrear-se na distancia depois de uma semana assim é de herói!
    Se me permite um conselho: parta com calma pois a maratona só "começa" depois dos 30 km!
    Se exagerar no andamento inicial vai pagar isso na parte final!
    Mas sobretudo saboreei a prova e divirta-se!
    Por tudo o que já fez esta semana, que foi imenso, estamos na presença de um atleta de enorme potencial. Parte com a desvantagem de ser a sua primeira maratona mas com a enorme vantagem de ter todo um futuro de experiência e grandes resultados pela frente.
    Força campeão!
    (Já agora se a sua apoiante numero 1 poder estar amanhã nos 35 km a dar-lhe força vai ser excelente. Um presença querida aos 35 km da maratona, com palavras de apoio, podem fazer toda diferença e dar aquela força com que nem sonhávamos!)




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado Jorge.
      Apesar de não ter podido responder ontem, li a sua mensagem a tomei em conta esses conselhos durante o dia de hoje (vá de certa maneira, mais ou menos).
      Um grande abraço

      Eliminar
  2. Aceita os bons conselhos do Jorge Branco calma e só apoio moral. Beijoca

    ResponderEliminar
  3. Grande máquina! Força aí para o dia da grande Maratona!

    ResponderEliminar
  4. Estrear numa Maratona após uma semana assim, é a prova do grande atleta que és.
    O Jorge tem toda a razão, a Maratona começa aos 30, até lá é ir salvaguardando alguma energia que será muito útil para o final. É por isso que nas Maratonas, como hoje no Europeu, vemos tanto atleta vir lá de trás e passar os que puxaram no início e que vão quebrando.

    O momento de cortar a meta numa Maratona é algo de inexplicável, apenas sentido. Agora cortar a meta após uma fantástica semana como essa... nem imagino! :)

    Muita força amanhã e não te esqueças, esse é um título que ninguém te tirará, o de Maratonista! :)

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais peço desculpa por só responder um dia depois ao teu comentário, mas ontem foi-me mesmo impossível apesar de o teu lido :)

      Muito obrigado pelo apoio demonstrado!

      Abraço

      Eliminar
  5. Em grande mais uma vez. Muita força para amanhã...Grande abraço

    ResponderEliminar