segunda-feira, 4 de agosto de 2014

A segunda metade da ENDURrun e a mais difícil das semanas de treino

Estamos hoje a apenas 1 semana do início da ENDURrun! Depois de no post passado ter apresentado as 3 primeiras provas irei hoje mostra as restantes 4 etapas.

Quarta etapa – 10 milhas acidentadas

Percurso de 16.1 km em constante sobe e desce com o pormenor de ter uma subida chamada “Horror Hill” devido à sua inclinação ser de aproximadamente 20%. Aquilo que fazemos para um lado a subir, havemos de fazer para o outro a descer. A parte boa é que será realizada às 6:30 da tarde pelo que dará cerca de dia e meio de recuperação em relação aos 30 km em corta-mato.
Perfil da quarta etapa.
Quinta etapa – 16 milhas de corta-mato em montanha

Até dói ver este percurso feito em 5 voltas de 5.12 km, totalizando 25.6 km de prova. Constante sobe e desce com subidas muito prenunciadas e que não se adivinha nada fácil, especialmente tendo em conta o desgaste trazido pelo decorrer da prova. Esta etapa é precedida de um dia de descanso, estando eu a ver se no dia de descanso paro mesmo ou faço uma corrida de recuperação  muito leve.
Perfil de cada uma das seis voltas da quinta etapa.

Sexta etapa – Contra-relógio de 10 km

Percurso de 10 km plano que certamente servirá como prova para fazer alguma recuperação com vista ao último dia de competição. Também aqui os atletas irão sair de modo inverso à posição que ocupam na classificação geral.
Perfil da sexta etapa.

Sétima etapa – Maratona
Para terminar nada melhor que uma longa distância para acumular a todos os quilómetros realizados até aí. Percurso mais ou menos plano realizado em 2 voltas com 21.1 km cada. Será o culminar de uma semana desgastante mas que será certamente muito positiva com toda a envolvência da prova.
Perfil de cada volta da maratona.

E são estas as 7 provas que compõem a ENDURrun. Regra geral as diferenças mais significativas deverão ser feitas na etapa dos 30 km de corta-mato e nas 16 milhas de corta-mato em montanha. A maratona, devido à sua extensão e a tudo o que a antecede, também poderá trazer surpresas na classificação geral na última etapa.

Até ao momento, (as inscrições terminam amanhã) sou o atleta mais novo em competição por larga margem. Sei que neste tipo de provas a experiência conta muito, mas também quero ver se aprendo e sou capaz de gerir as provas com inteligência.

O meu objectivo passa primeiro por terminar a prova e se possível fazer um tempo total inferior a 12 horas e 50 minutos. Quanto às previsões para cada uma das etapas quando fizer o rescaldo da prova irei apresentar aquilo que era a minha previsão e o que acabei por fazer em cada dia.

E quanto à semana de treinos? Ui! Super-dura! 4 dias seguidos com treinos bidiários e treino longo no domingo.
Aqui fica um resumo dos treinos realizados esta semana.

Segunda
Terça
Quarta
Quinta
Sexta
Sábado
Domingo
Descanso
CC 25' a 4:30
CC 40' a 4:30 + 5' a 4:00
CC 25' a 4:30
CC 45' a 4:30 + 5' a 4:00
2 x (2 x 3000) a 3:45
CC 30' a 5:00 + 40' a 4:45 + 50' a 4:30 + 20' a 4:15
2 x (9 x 400) a 3:05
CC 45' sobe e desce
2 x (6 x 800) a 3:15
CC 10' a 5:00 + 15' a 4:45 + 20' a 4:30 + 15' a 4:15 + 10' a 4:00
0 km
17.69 km
23.54 km
21.4 km
28.23 km
16.11 km
30.9 km

No total foram 137.87 km de treino efetivo a uma média de 4:21/km.

Segunda-feira fiz tratamento de massagem durante cerca de 2 horas e meia e ajudou imenso a recuperar do desgaste da semana anterior.

Esta semana iniciei um novo método de ajuda à recuperação após os treinos: banhos de água com gelo. Depois de ter falado com o treinador da equipa de atletismo da Universidade onde agora estou a trabalhar ele conseguiu garantir-me acesso à zona dos banhos de gelo. Ao início custa (se até na praia ir à água é só quando sou obrigado, então agora mais difícil é), mas depois de ver e principalmente sentir os resultados até custa menos a entrar e ficar lá dentro. Esse tratamento foi especialmente benéfico após o treino de sexta à tarde e de domingo onde estava com imensas dores musculares e depois de ir à água estas diminuíram significativamente, deixando-me muito mais aliviado.

A próxima semana será essencialmente de recuperação para preparar a ENDURrun e no dia anterior à primeira etapa irei fazer novo post com algumas estatísticas sobre a preparação para a prova e descrever esta última semana de treinos.

Até lá bons treinos e melhores corridas J

João


2 comentários:

  1. Treino e prova de extrema dureza!
    Não é para todos!
    FORÇA.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Jorge!
      De facto esta semana foi bastante dura mesmo.
      Um abraço.

      João

      Eliminar